A exceção como dispositivo de governo